AO VIVO
Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
Busca
Salvador
28ºmax
21ºmin
Correios Celular - Mobile
coluna

Financiamento imobiliário: considere a portabilidade

Dia-a-dia da economia

25 setembro 2020 - 05h58Por Reinaldo Cafeo
Financiamento imobiliário: considere a portabilidade


Mesmo o Banco Central mantendo a taxa básica de juros em 2% ao ano, o Brasil pratica atualmente a menor taxa de sua história. Isso não implica necessariamente que o crédito no País está barato, longe disso, contudo, algumas modalidades que possuem garantias reais, como é o caso do financiamento imobiliário, praticam atual juros bem menores do era realidade no passado não muito distante. 

Você possui financiamento imobiliário? Contraiu este financiamento há mais de um ou dois anos? Então considere a hipótese de realizar a portabilidade. Isso nada mais é do que buscar em outra instituição financeira condições melhores do que o financiamento na instituição atual.

Indico os seguintes passos para reduzir o custo de seu financiamento.

  1. Verifique em seu contrato a taxa de juros contratada; 
  2. Pesquise na internet a taxa de juros atualmente praticada por esta instituição financeira;
  3. Levante a taxa de juros praticada por outras instituições financeiras; 
  4. Constatando que a atual instituição está praticando juros menores, procure-a e peça para renegociar o contrato; 
  5. Caso ela não atenda sua demanda procure a outra instituição que pratica taxa de juros menor e abra negociação;
  6. Simule a nova proposta. Apresentando menor custo peça a lista de documentos para a portabilidade. Nesta fase não se preocupe com a instituição financeira atual. Cumpra a parte burocrática e sua dívida mais cara será liquidada pelo novo intermediário financeiro e você dará início a um novo ciclo de pagamentos, agora com valores menores.

Saia da zona de conforto e renegocie seu financiamento imobiliário.