AO VIVO
Menu
Busca domingo, 20 de junho de 2021
Busca
Salvador
28ºmax
21ºmin
Correios Celular - Mobile
Meio Ambiente

Tempo seco e calor aumentam focos de incêndio no Pantanal

Região já sofre há mais de 40 dias com queimadas

05 setembro 2020 - 11h25Por Jennifer Vargas*

O Pantanal mato-grossense segue sofrendo com as queimadas. Sem chuvas há semanas e com a vegetação cada vez mais seca, as altas temperaturas têm aumentado o surgimento de novos focos de incêndio.

Segundo o Comitê Estadual de Gestão do Fogo, grupo que reúne representantes de vários órgãos de governo, o fogo na região já dura mais de 40 dias. Situação comprovada também pelos números do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que estima que cerca de 9% da região do bioma já tenha sido destruído.

Além do prejuízo para o turismo local, há ainda uma preocupação com a saúde dos moradores, que têm sentido os efeitos diretamente na saúde com problemas respiratórios causados pelas partículas tóxicas do ar.

Enquanto os órgãos tentam auxiliar o controle das chamas, que também é prejudicado pelas queimadas ilegais, outras entidades têm mapeado a região para salvar os animais silvestres, como macacos, serpentes, jacaré, entre outros; que têm tentado escapar do fogo, muitas vezes sem sucesso.

O governo do Mato Grosso informou que qualquer pessoa pode apoiar o resgate doando utensílios e medicamentos veterinários, que podem ser consultados através do site do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MT).

*Com informações da Agência Brasil