Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
Busca
Salvador
32ºmax
25ºmin
Control
Política

Senado aprova projeto de lei para criação de cadastro nacional de estupradores

Matéria dependerá de sanção presidencial

10 setembro 2020 - 09h00Por Jennifer Vargas*

Uma proposta votada pelo Senado na última quarta-feira (9) pode criar um banco de dados inédito de condenados por violência sexual. O projeto de lei para o Cadastro Nacional de Pessoas Condenadas por Crime de Estupro, segue agora para sanção presidencial.

Formado entre uma cooperação de União, estados e municípios, o cadastro será subsidiado pelo Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP) e deverá, obrigatoriamente, conter informações como: características físicas, impressões digitais, perfil genético (DNA), fotos e endereço residencial.

Relator do projeto, o senador Eduardo Braga (MDB-AM), ressaltou em seu parecer a alta no número de casos recentes, além do intuito de tentar intimidar a ação do estuprador e facilitar uma punição mais ágil para criminosos recorrentes.

"Só em 2018, foram registrados 66.041 estupros no país – uma média de 180 por dia. Os números do último Anuário Brasileiro de Segurança Pública revelam outro dado estarrecedor, mais da metade das vítimas – 53,8% - têm menos de 13 anos."

*Com informações da Agência Brasil